A VIDA É O QUE FAZEMOS DELA!

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Reflexões I

Pessoas são presentes
Vamos falar de gente, de pessoas.
Existe por acaso, algo mais espetacular do que gente?
Pessoas são presentes! Algumas tem um embrulho bonito, atraente como os de natal, páscoa ou aniversário. Outros vem em embalagem comum...e há até as que ficam machucadas no correio. De vez em quando chega um registrado. São presentes valiosos. Algumas pessoas trazem invólucros fáceis...de outras é dificílimo, quase impossível tirar a embalagem. É fita durex que não acaba mais. Mas a embalagem não é o presente...e tantas pessoas se enganam, confundindo a embalagem com o presente.
Por que será que alguns são tão complicados para a gente abrir? Às vezes, precisamos da ajuda de outras pessoas para não estragar ou danificar o conteúdo.
Também você, também eu, somos presente para outros. Você para mim...eu para você...e assim por diante!
Quando existe o verdadeiro encontro com alguém: no diálogo, na abertura, na fraternidade, deixamos de ser mera embalagem e passamos a ser presentes!
Nos verdadeiros encontros de fraternidade, acontecem casos muito comoventes e especiais....mutuamente, nós vamos desembrulhando, deempacotando e revelando o que somos.
Você experimentou essa alegria profunda que nasce quando duas pessoas se comunicam, virando presente uma para a outra?
A verdadeira alegria que a gente sente e não descreve, só nasce do verdadeiro encontro com alguém.
Um presente custa pelo que vale....Uma pessoa vale pelo que é!!!
Sorria! Viva contente! Dentro de você existe algo bem importante: Você é um presente!
*
*
Trem da vida
A vida não passa de uma viagem de trem, cheia de embarques e desembarques; alguns acidentes, surpresas agradáveis em alguns embarques e grande tristezas em outros.
Quando nascemos, entramos nesse trem e nos deparamos com algumas pessoas que, julgamos, estarão nessa viagem conosco: nossos pais.
Infelizmente, isso não é verdade; em alguma estação eles descerão e nos deixarão órfãos de seu carinho, amizade e companhia insubstituível...mas isso não impede que, durante a viagem, pessoas interessantes e que virão a ser super especiais para nós, embarquem.
Chegam nossos irmãos, amigos, professores e amores maravilhosos. Muitas pessoas tomam esse trem, apenas a passeio, outros encontrarão nessa viagem somente tristezas, ainda outros circularão pelo trem, prontos a ajudar a quem precisa. Muitos descem e deixam saudades eternas, outros tantos passam por ele de uma forma que, quando desocupam seu acento, ninguém nem sequer percebe.
Curioso é constatar que alguns passageiros, que nos são tão caros, acomodam-se em vagões diferentes dos nossos; portanto, somos obrigados a fazer esse trajeto separados deles, o que não impede, é claro,que durante ele atravessemos, com grande dificuldade nosso vagão e cheguemos até eles...só que, infelizmente, não poderemos sentar ao seu lado, pois já terá alguém ocupando aquele lugar.
Não importa, é assim a viagem, da melhor maneira possível, tentando nos relacionar bem com todos os passageiros, procurando, em cada um deles, o que tiver de melhor, lembrando, sempre, que, em algum momento do trajeto, eles poderão fraquejar e, provavelmente, precisaremos entender isso, porque nós também fraquejamos muitas vezes e, com certeza, haverá alguém que nos entenderá.
O grande mistério, afinal, é que jamais saberemos em qual parada desceremos, muito menos nossos companheiros, nem aquele que está sentado ao nosso lado.
Eu fico pensando se quando descer desse trem sentirei saudades...acredito que sim, me separar de alguns amigos que fiz nele será no mínimo dolorido, deixar meus filhos continuarem a viagem sozinhos, com certeza será muito triste, mas me agarro na esperança que, em algum momento, estarei na estação principal e terei a grande emoção de vê-los chegar com uma bagagem que não tinham quando embarcaram...e o que vai me deixar feliz, será pensar que eu colaborei para que ela tenha crescido e se tornado valiosa.
Amigos, façamos com que a nossa estada, nesse trem seja tranquila, que tenha valido a pena e que, quando chegar a hora de desembarcarmos, o nosso lugar vazio traga audades e boas recordações para aqueles que prosseguirem a viagem.
*
*
*
Recomeçar
Não importa onde você parou... em que momento da vida você cançou...o que importa é que sempre é possível e necessário "recomeçar". Recomeçar é dar uaoahn ieo...é rn as espanças na vida e o mais importante...acreditar em você de novo.
Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado...Chorou muito? Foi limpeza da alma... Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las um dia...Sentiu-se só por diversas vezes? É porque fechaste a porta até para os anjos...Acreditou que tudo estava perdido? Era o início da tua melhora...
Pois é...agora é hora de reiniciar...de pensar na luz...de encontrar prazer nas coisas simples de novo. Que tal um corte de cabelo arrojado...diferente? Um novo curso...ou aquele velho desejo de aprender a pintar...desenhar...dominar o computador...ou qualquer outra coisa? Olha quanto desafio...quanta coisa nova nesse mundão te esperando.
Tá se sentindo sozinho? Besteira...tem tanta gente que você afastou com o seu "período de isolamento"...tem tanta gente esperando apenas um sorriso teu para "chegar" perto de você. Quando nos trancamos na tristeza...nem nós mesmos nos suportamos....ficamos horríveis...o mau humor vai comendo nosso fígado...até a boca ficar amarga.
Recomeçar...hoje é um bom dia para começar novos desafios. Onde você quer chegar? Ir alto...sonhe alto...queira o melhor do melhor...queira coisas boas para a vida...pensando assim, trazemos pra nós aquilo que desejamos...se pensamos pequeno...coisas pequenas teremos...já se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor...o melhor vai-se instalar na nossa vida.
E é hoje o dia da faxina mental...joga fora tudo que te prende ao passado...ao mundinho de coisas tristes....fotos, peças de roupas, papel de bala, ingressos de cinema, bilhetes de viagens, e toda aquela tranqueira que guardamos, quando nos julgamos apaixonados...jogue tudo fora, mas principalmente, esvazie seu coração...fique pronto para a vida, para um novo amor. Lembre-se: somos apaixonáveis...somos sempre capazes de amar muitas vezes, afinal de contas, nós somos o "Amor"...porque sou do tamanho daquilo que faço e não daquilo que me fez sofrer.
*
*
*

Nenhum comentário:

Postar um comentário