A VIDA É O QUE FAZEMOS DELA!

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Habitação


Há um estranho ser que habita
cá dentro em meu reino pessoal
range, alucina, grita
ri-se, enlouquecido
em ardente vendaval.

Arruína minha esperança
transforma-me em fera
rutilantes olhos, afiadas presas
esgueirando, tateando, farejando...
faminto!

Sanguissedento dos licores da vida
sinto abrir-me o peito à horda
maltrapilha e suja
turba maldita que dormita
sob a pele, nas entranhas....fervilha

Cruento, desalmado demônio
buscando, caçando, sugando
roubando fragmentos de outros, para
construir o seu próprio
castelo de carne e sangue,

Mantendo, assim aprisionadas
as almas torturadas
das desafortunadas vítimas.


Adriana La Terza

Nenhum comentário:

Postar um comentário