A VIDA É O QUE FAZEMOS DELA!

sábado, 24 de abril de 2010

Melodia Sacra

























Ah! Linda e incandescente
surge A lua...donzela cuja voz
nenhum de nós
há resistido!

Maviosa e poderosa canção
embriaga, enlouquece, desorienta...
entrego-me em seus
braços prateados

Ouço seu chamado!
o música entorpecedora...e,
libertadora da Besta!
Do eu verdadeiro e oculto.

A fera ressurge a cada
chamado de seus lábios
a cada carícia noturna
de seus gélidos dedos.

Tenho-te por amante
eterna e onipotente
meiga, carinhosa, bela
fria, cruel...contundente.

Rasga-me a pele
retorce-me os ossos
pelos...formas...dor!
Esse é o seu amor!

Livre da prisão que
me oprimia, ocultava, subjugava...
percorro, farejo, persigo
sinto o vento em meu focinho...

Me traz odores....
acaricia minha pelagem
corro e nada fica em meu caminho!
Sou a força da terra, sou filho da Lua!


Adriana La Terza

Nenhum comentário:

Postar um comentário