A VIDA É O QUE FAZEMOS DELA!

sábado, 24 de abril de 2010

O Monstro


























As crianças temem os monstros ocultos sob a cama ou escondidos nos armários, aguardando, nas sombras, o momento propício à agarrá-las arrastando-as para as tenebrosas Trevas...os jovens corações enchiam-se de terror...mas à medida que crescem o monstro transfigura-se em em algo tão mais sutil e terrível do que aquele que vivia nas sombras....este espreita em cada canto, não apenas no oculto, mas nas ensolaradas manhãs na escola, na praia, no clube...ele agora não espreita pelas frestas dos armários, mas vem envolvido em papel seda ou espalhado sobre uma superfície, donde o incauto O aspira e, assim, o Monstro conseguiu, do terror de outrora, provocar o terror de agora! Distorcendo a personalidade, revolvendo o antes fecundo solo d'alma, com suas hediondas garras impiedosamente destrói cada traço que nos torna humanos...aprisiona a alma...destrói o corpo...aniquila quem se põe em seu caminho...pois o desejo desse Monstro virótico, é multiplicar-se buscando novos "hospedeiros".
O medo, a morte, a loucura e a destruição, séquito desse maldito ser que habita o seio das famílias...da Sociedade....aniquilando tudo à sua volta...destruindo aqueles a quem rouba a alma, esse vil demônio, a Droga!


Adriana La Terza

Nenhum comentário:

Postar um comentário